domingo, 22 de setembro de 2019

FORA DO GRUPÃO, PSOL DEFENDE FRENTE DE ESQUERDA PARA ELEIÇÕES 2020

O Diretório Municipal do PSOL/Codó esteve reunido no último sábado, 21, para tratar, dentre outras pautas, das eleições municipais 2020. O partido, que é oposição ao governo Nagib, não integrará o "Grupão", pois o mesmo inclui ex-prefeitos cujas gestões também foram um desastre.

Contudo, O PSOL/Codó avalia que a situação política e econômica do município e do país retrocedeu nos últimos anos, o que obriga o partido, apesar das divergências, a buscar a unidade com os demais partidos do campo da esquerda. Nesse sentido, o PSOL/Codó buscará dialogar com os diretórios municipais do PT e do PCdoB com o propósito de lançar uma candidatura única do campo da esquerda ao executivo nas próximas eleições municipais.

É fundamental para a classe trabalhadora que o próximo gestor do município esteja compromissado em barrar os efeitos nefastos das políticas do governo Bolsonaro. Esse é o espírito de se lançar uma candidatura de esquerda no município.

O PSOL apresenta como pré-candidato à prefeitura de Codó o professor Marcos, histórico lutador do movimento sindical e presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal - SINTSERM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário